26 de mar de 2011

INÍCIO DE TRABALHO

Um jogo fraco (0 a 0), mas com alguns pontos relevantes.
.
O Fogão foi um time mais com a bola no chão, sem se limitar a dar chutões, como fazia com o último treinador.
.
Podemos ver também que jogadores como Fahel não podem mais vestir a camisa do BOTAFOGO.
.
Espero muito que Cortes, o novo lateral-esquerdo, barre o fraquíssimo Márcio Azevedo.
.
Muito boa atitude de Caio Júnior, que enfrentou 30 horas de viagem, deixou de ver a família e seguiu para Macaé para ver o Glorioso jogar. Sem estrelismo.
.
Queria ter visto o Cidinho jogando mais tempo.
.
Fabrício (foto) estreou mal. Pelo menos admitiu a má atuação, discurso diferente de alguns jogadores que não jogam nada a muito tempo e falam que "está tudo bem".
.
Sempre gostei do Renan. Nesse jogo, manteve a média e fez ótimas defesas. Na ausência de Jéfferson, o garoto dá conta do recado.
.
Caio Júnior não assumiu o cargo de técnico ainda e é impossível avaliar o time por esse jogo, mas já deu um gostinho de ver o time mais ofensivo e dominando o jogo, o que não acontecia com o time de Joel, que só jogava na retranca.
.
O próximo compromisso é contra o Paraná, pela Copa do Brasil. Jéfferson, Mancha, Éverton e Herrera voltam ao time. O bom foi ver Caio Júnior dando muito valor à competição.
.
Postado por @leofvm

Nenhum comentário: